Eu estou fazendo o que eu tenho que fazer, não importa o resultado. Estou escrevendo o que eu tenho que escrever, mesmo que ninguém leia. Estou fazendo aquilo que faria mesmo se não tivesse ninguém olhando, aquilo que faria mesmo se fosse tão rica que não precisasse trabalhar. Estou fazendo aquilo que tenho que fazer ou minha alma morre.

Grata!

Escrevo, planto, estudo, viajo. Falo com bichos, abraço árvores, e vice-versa.