Grata, Vivianne. Eu nem gosto muito de falar que fiquei boa com remédio, tenho o receio de dar a impressão de que remédio é A solução, e não é. Mas o fato é que me ajudou, me deu aquele primeiro empurrãozinho. E, assim como eu tenho preconceito, sei que outras pessoas também podem ter, e daí passar a vida meio mais ou menos quando podiam tentar essa solução — que não é o ideal e não funciona com todo mundo, mas que pode ser que ajude. Beijo!

Escrevo, planto, estudo, viajo. Falo com bichos, abraço árvores, e vice-versa.

Escrevo, planto, estudo, viajo. Falo com bichos, abraço árvores, e vice-versa.